Untitled Document
Untitled Document



DEODORO DA FONSECA

Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo. “Creio em Deus Pai, criador do Céu e da Terra e em Jesus Cristo, Seu único filho e nosso Senhor, que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; padeceu sob Poncio Pilatos; foi crucificado, morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu para o Céu, onde está sentado à direita de Deus Pai, de onde há para vir e julgar os vivos e mortos; creio no Espírito Santo, na Santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na ressureição da carne, na vida eterna”. Amém.


Tem por escopo o presente artigo elaborar, mediante pesquisa, uma síntese da história do Marechal Manuel Deodoro da Fonseca; nascido na cidade de Alagoas, Estado de Alagoas, em 5 de agosto de 1827 e falecido em 23 de agosto de 1892. Brasileiro nato e militar de escol desde os 16 anos.Foi o Primeiro Presidente do Brasil, tendo sido sucedido por Floriano Peixoto. Prestou anos de serviço à Pátria brasileira, ou seja, de 1843 a 1892. Este artigo não pretende esgotar o assunto de tão vasto que ele é. Deodoro da Fonseca proclamou a República do Brasil em 15 de novembro de 1889, quando teve inicio seu governo de Presidente da República Federativa do Brasil. Foi também grande Maçom, como Duque de Caxias, José do Patrocínio, Rui Barbosa e tantos outros, honrando a Sublime Ordem Mônica e, principalmente, a Amada Pátria, Brasil. Foi Grão-Mestre do Grande Oriente do Brasil.

O Irmão Maçom Marechal Manuel Deodoro da Fonseca foi Iniciado em 20 de setembro de 1873 na Loja Rocha Negra, de São Gabriel, Rio Grande do Sul. Ocupou a Cadeira nº 15 do Museu Maçônico e foi, com destaque, Barão de Alagoas. E a nossa querida Maçonaria nasceu com o Brasil República e esteve presente marcante em todos os momentos que precederam a Proclamação.

Para o bem da verdade, a Maçonaria é uma Instituição Internacional essencialmente iniciática, filosófica, filantrópica, educativa e progressista, com presença destacada em mais de duzentos países; é integrada por homens livres e de bons costumes. Seus fins são a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade.Proclama a prevalência do espírito sobre a matéria. Pugna pelo aperfeiçoamento moral, intelectual e socialda humanidade, por meio do cumprimento inflexível do dever, da prática desinteressada da beneficência e da investigação constante da verdade.

Nossa sublime Instituição condena a exploração do homem, bem como os privilégios e as regalias, mas enaltece o mérito da inteligência e da virtude do mesmo modo que o valor demonstrado na prestação de serviços à Ordem, à Pátria e à Humanidade. E afirma que o sectarismo político, religioso ou racial é incompatível com a universalidade do espírito maçônico. Combate a ignorância, a superstição e a tirania. Ela foi presente, atuante em todos os principais momentos da nossaHistória, tais como a Independência, a abolição da escravatura e a proclamação da nossa República.

Que os vultos históricos brasileiros como Deodoro da Fonseca e tantos outros sejam sempre lembrados com admiração e respeito por todos nós, maçons ou não, que amamos a nossa Pátria! E que jamais esqueçamos que a Maçonaria e o Rotary são instituições atuantes em todo o planeta terra e que os Maçons e os Rotarianos são considerados cidadãos do mundo.

Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que continue nos abençoando. E salve o Dia Internacional da Mulher, 15 de março!

*Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Grão-Mestre “Ad Vitam” do Grande Oriente do Estado do Maranhão – GOEMA, anteriormente denominado Grande Oriente Autônomo do Maranhão - GOAM e Grande Inspetor Geral da Ordem Maçônica, Grau 33. Site: www.osvaldopereirarocha.com.br


Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas ao tema Exército Brasileiro

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"