Untitled Document

LEGIONÁRIO - LEGIÃO BARÃO DE CAXIAS

Como parte da Solenidade Cívico Militar em comemoração ao aniversário do 24º Batalhão de Caçadores / Batalhão Barão de Caxias e do Fogo Simbólico da Pátria, presentes o Vice-Governador do Estado, Pastor Luiz Porto, representando o Governador Jackson Lago; o Presidente da Liga de Defesa Nacional, Professor Josemar Bezerra Raposo; o Capitão dos Portos do Maranhão, CMG Luiz Carlos de Melo; o Chefe da 27ª Circunscrição do Serviço Militar, Ten Cel Douglas e outras autoridades civis e militares, às 09:30 horas do dia 01 de setembro de 2008, na Praça da Bandeira – Vila Militar, São Luís – Maranhão, OSVALDO PEREIRA ROCHA, Grão-Mestre Adjunto do Grande Oriente Autônomo do Maranhão – GOAM e Presidente do Instituto Histórico da Maçonaria Maranhense – IHMM, foi agraciado com Diploma de Legionário, “pelos assinalados serviços prestados ao 24º BC, que o tornaram credor de homenagem especial da Força Terrestre”.

Prestigiaram o acontecimento também com suas presenças a Sra. Jacira Figueiredo, representando a Governadora do Distrital 4490, do Rotary International, Contadora Eulália das Neves Ferreira; o Eminente Grão-Mestre “Ad Vitam” Raimundo Benedito Aires; o Sereníssimo Grão-Mestre Adjunto “Ad Vitam” Adelson de Souza Lopes; o Assessor Especial do Grão-Mestrado, José Batista da Luz, os Respeitáveis Irmãos Maçons Reginaldo Adauto Marques e Augusto da Silva Coelho, todos do GOAM; Ilustre Irmão Álvaro Sousa Rodrigues, Presidente da Academia Maçônica Maranhense de Letras – AMML e os Respeitáveis Irmãos Maçons Rubil Moreira da Cunha e Joaquim Farias de Oliveira, todos da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão – GLEMA, além dos Rotarianos Douglas Pereira de Pinho, do Rotary Club de São Luís; Pedro Ivo de Carvalho Viana e Maria da Conceição Lemos Viana, ambos do Rotary Club São Luís – Praia Grande. Ressalte-se que o aludido Diploma foi expedido pelo Comandante do 24º BC, Ten Cel Carlos Henrique GUEDES, que foi um extraordinário anfitrião.

É sempre bom lembrar que nos tempos do Exército Romano, as Legiões, máquinas de guerra poderosas que dominaram a Europa e partes da Ásia e África por longo tempo como potência hegemônica, eram formadas por milhares de pessoas dentre elas militares e não militares, como cidadãos, servos e escravos, todos unidos e cooperando em prol de uma causa comum.
Assim, a exemplo dos Romanos, a Legião Barão de Caxias é composta por militares da ativa, da reserva e por amigos do 24º BC, companheiros estes comprometidos com os valores essenciais ao povo brasileiro: o Patriotismo e o Civismo.

Patriotismo significa amar verdadeiramente a Pátria, defendendo a sua soberania, integridade territorial, unidade nacional, e paz social, bem como ter no coração o ideal de fidelidade à Nação, servindo-a, mesmo com o sacrifício da própria vida.
Civismo consiste em cultuar os símbolos nacionais, os valores e tradições históricas, a história do País, os heróis nacionais e os líderes militares do passado.

A Legião Barão de Caxias foi criada com o intuito de fortalecer as convicções e a coesão das Forças Armadas, manter a credibilidade, a confiabilidade, e o prestigio da Instituição junto a sociedade, bem como promover a união da família militar.
Assim, a Legião Barão de Caxias chegou para incrementar as relações do Exército Brasileiro com seu público, bem como para torná-lo mais conhecido, mais respeitado e mais amado.

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas ao tema Exército Brasileiro

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"