Untitled Document

31 DE DEZEMBRO

Na noite de 31 de dezembro de 2006 eu e minha família, amigos e amigas diletas, tivemos a inusitada alegria de comemorar os 70 anos de idade de minha companheira Marlene Pereira de Sousa, no salão de eventos do Grande Oriente Autônomo do Maranhão – GOAM, no bairro de São Francisco, em noite memorável e inesquecível, que contou com as presenças de nossa filha Magda Lúcia Rocha Betlem, de seu marido Cees Jan Betlem e de suas filhinhas e nossas queridas netinhas Isabelle e Monique, domiciliados na Austrália. Aos 70 anos a criatura do Supremo Criador usa as virtudes da prudência, da paciência, da tolerância e do perdão, especialmente para com as crianças. Reconhece os erros cometidos em fases anteriores da vida e deles se arrepende. Por convicção, aproxima-se de Deus Vivo e da Religião, passando a viver com mais equilíbrio emocional e em paz.
O amor, a compreensão e o perdão figuram entre as mais nobres virtudes da criatura humana que, graças ao Grande Arquiteto do Universo, chegou aos 70 anos, esta que é, de fato, a melhor idade!

No mês de dezembro de todos os anos é celebrado o nascimento do Menino Jesus, quando comemoramos o Natal; quando nos confraternizamos em família e em todas as entidades de trabalho e lazer; e quando desejamos a todas as pessoas amor, alegria, felicidade, paz e prosperidade. É o mês da família! Em dezembro de 2008, contudo, eu e meus familiares perdemos parte da alegria dessa confraternização, pela partida de Marlene para o Oriente Eterno, na noite de 11/12/2008, após ser submetida a uma cirurgia no Hospital Português, desta capital... Todavia, nos conforta a certeza de que ela foi chamada pelo Pai Celestial.

No momento em que adentrava ao Centro Cirúrgico este articulista lhe disse “Vai com Deus, minha querida” e ela me respondeu serena, firme e com um sorriso nos lábios “Eu estou com Deus”. Foram estas as nossas últimas palavras... Filhas, filhos, netos, netas e sua irmã Eliane estavam presentes e são testemunhas desta confiança dela no Supremo Arquiteto do Mundo.

Quando os médicos saíram nos deram a informação de que o ato cirúrgico tinha tido sucesso absoluto, sendo motivo de júbilo de todos nós, que aguardávamos na sala de espera; mas cerca de duas horas depois (exatamente às 24 horas do referido dia 11/12/2008) recebi um telefonema me dizendo que ela não estava passando bem e que eu deveria voltar ao Hospital imediatamente. Fui o mais rápido quanto pude e lá cheguei cerca de 10 minutos, mas já a encontrei morta. O atestado de óbito, contudo, informou que o falecimento ocorrera às 23,30 horas.

Em 20 de março de 2009 comemorei os meus 70 anos de vida, sem, contudo, aquela alegria que era de ter, apesar das presenças de diletos amigos e de queridas amigas, além da família...

O certo é que partir do dia 31 de dezembro de 2008 a nossa celebração da passagem de ano não foi e nem será a mesma, por ser o dia do aniversário de Marlene e pelo fato de não estarmos celebrando junto com ela. Mas estaremos comemorando em nossos corações a vida saudável, pacífica e feliz que ela, graças a Deus, teve; celebrando o fato de que ela criou sete filhos e carregou em seus braços quatorze netos, que a amam imensamente. Marlene era alegre, tolerante, carismática, que gostava de estar junto de sua família e celebrar.

No dia 31 de dezembro de 2009 serão dois sem Marlene materialmente entre nós... Serão dois momentos de intensa saudade...
Que o Grande Arquiteto do Universo, que é Deus, a mantenha sob a luz de Sua face!

E que o ano de 2010, que se aproxima, chegue trazendo muita saúde, muita paz, muito amor e muitas realizações nos campos pessoais e profissionais de todos os homens e de todas as mulheres, assim como traga muita alegria e felicidade para todos os lares, especialmente aqueles onde existam crianças!

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas ao tema Família

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"