Untitled Document

SAÚDES FÍSICA E MENTAL

Para muitos, falar em saúde é a mesma coisa que falar de vida; para mim, não. A vida vem em primeiro lugar; a saúde vem em segundo. Ter boa vida é viver com saúde!

No meu modo de entender, mesmo como leigo no assunto, embora, segundo o ditado popular interiorano “de médico e de louco todos nós temos um pouco”, que existem dois tipos de saúde, a física e a mental, ambas da maior importância para a vida plena do ser humano, ou seja, a física para a sustentação do corpo e a mental para termos forças para enfrentarmos os obstáculos que se nos apresentam; para pensarmos; para raciocinarmos. Na minha família – creio que em todas as famílias – temos enfrentado doenças dos dois tipos de saúdes supracitados, alguns mais graves, com internações em unidades de tratamento intensivo de hospitais, e outros mais leves, todavia, todas preocupantes.

No meio médico tenho ouvido dizerem que a atividade física e a disposição mental de cada pessoa reduz ou aumenta o tempo de vida de cada ser humano. Também tenho ouvido informações contrárias, ou seja, que geralmente os maiores atletas têm vida curta e que aquela pessoa que não tem atividade literária ou intelectual vive menos, etc.

Creio, firmemente, que tudo é relativo; que tudo depende do Grande Arquiteto do Universo, que é Deus.

Um exemplo disso é o de meu cunhado, compadre e amigo Antenor Assunção Moraes, que teve atividade cartorial e principalmente agropecuária em Lago da Pedra, neste Estado do Maranhão, e passou mais de 20 dias na UTI do Hospital São Domingos e que, graças a Deus melhorou consideravelmente, obteve alta hospitalar e se encontra em sua residência, aqui em São Luís, a ponto de se dizer que está bom de saúde física e mental, embora ainda tenha que ser submetido a uma operação cardíaca.

Por sinal, na noite de 20 de setembro de 2012, comemoramos sua espetacular melhora de saúde e seu aniversário de nascimento, já que nesta data ele completou 78 anos de existência, com casa cheia de familiares, amigos e amigas; com discursos, bolo confeitado e tudo mais; e quando sua esposa, Enoe Rocha Moraes, minha irmã, comadre e amiga fez um longo e bem lançado discurso de agradecimento ao Deus Pai, ao Deus Filho e ao Deus Espírito Santo; seu genro Carlos, se pronunciou de forma genial, em louvou a Deus e pela sempre união da família; suas filhas Karla e Kayla e seu filho Antonio, idem; meu irmão compadre e amigo Antonio da Silva Rocha, que se fez acompanhar de sua gentil esposa Cenira, também e este articulista leu um trecho religioso em agradecimento ao Grande Arquiteto do Universo pela recuperação da sua saúde e falou da grande vitória por ele alcançada, graças a Deus.

Antenor a tudo viu e ouviu; cumprimentou a todos e a todas, agradeceu pelas presenças e participações de todos e de todas, com voz firme e lúcida, graças ao Pai Celestial.

Em nome de Jesus, peço ao Grande Arquiteto do Universo pelas saúdes plenas de Maria Pereira Rocha, LILI; Salomão Pereira Rocha; Valdemir Pereira Rocha, João Pereira Rocha, Alzira Pereira Rocha Carvalho, Enoe Rocha Moraes, Antenor Assunção Moraes, Karla Rocha Moraes, Zuleide Pereira Rocha Lopes; Judith Rocha de Sousa; Antonio Fortunato Rocha Sousa, Denise Val Rocha; Maria do Socorro Rocha Sousa; Helem Rose Rocha, Mara Isa Rocha Pinheiro e Maria José Moraes, bem como de todos os enfermos e de todas as enfermas.

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas ao tema Família

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"