Untitled Document


MAÇONARIA

 

“Jamais considere seus estudos como uma obrigação, mas
como uma oportunidade invejável para aprender a conhecer
a influência libertadora da beleza do reino do espírito, para
seu próprio prazer pessoal e para proveito da comunidade à
qual seu futuro trabalho pertencer”

(Albert Einstein)

 

Tenho lido dezenas de definições da Instituição Maçonaria, algumas conflitantes e outras coincidentes. Para mim, ela é uma associação de homens sábios e virtuosos, que se consideram irmãos entre si, para viverem em perfeita igualdade, unidos pela estima, confiança e amizade recíproca. União forte de homens inteligentes, desinteressados, generosos e devotados, ligados por deveres de fraternidade, para prestarem mútua assistência e se esforçarem pela prática do bom exemplo e das virtudes, visando à emancipação progressiva e pacífica da humanidade. Ela é essencialmente simbólica, filosófica, filantrópica, educativa e progressista; exemplo de sistema educacional e moral.

Outra definição: Maçonaria é uma instituição filosófica, filantrópica e evolucionista, que proclama a prevalência do espírito sobre a matéria e empenha-se no aperfeiçoamento moral, intelectual e social da humanidade. Proclama como princípios a Liberdade, a Igualdade e a Fraternidade. Reúne homens de crenças e opiniões diversas, mas não se identifica com nenhuma religião em particular. Já o homem Maçom que a compõe é considerado ‘pedreiro’ ou ‘pedreiro livre’, é também considerado ‘metz’, do alemão, ou ‘cortador de pedra’; tem origem no baixo latim, todavia suas definições antigas mais conhecidas são ‘mason’, de origem inglesa e ‘maçon’, de origem francesa.

Os rituais de iniciação nessa Sublime Ordem a definem como instituição que tem por objetivo tornar feliz a humanidade pelo amor e pelo aperfeiçoamento dos costumes, pela tolerância, pela igualdade, pelo respeito à autoridade e à crença de cada um. Quanto à origem da Maçonaria, muito se tem falado, e escrito ultimamente, visto que, antes, nada se escrevia sobre ela, que era secreta. Hoje, a Maçonaria tem segredos como todo segmento social, esportivo, comercial ou industrial os tem, todavia tem seu registro em cartório, endereço certo e consta das listas telefônicas; nós maçons elaboramos artigos sobre ela; edita revistas, livros e jornais de fácil aquisição. Contudo, por motivos óbvios, considero impossível definir-se a sua origem ou a data em que ela surgiu ou foi fundada.

Em outras palavras, como dizem alguns autores, a Origem e a História da Maçonaria se perdem nas noites do tempo, nas brumas do passado ou ainda nas neblinas da Antiguidade. Evidências bíblicas e arqueológicas nos dão prova de suas pegadas por várias civilizações, principalmente egípcia; nas pinturas murais, dentro das pirâmides, nos instrumentos, vestimentas ou aventais, notam-se traços de grande coincidência. Nas escrituras em papiros, nos monumentos, nos túmulos e nos Templos, os símbolos conduzem-nos a paralelos cientificamente convincentes da existência da Maçonaria na Antiguidade.

Antiga e ao mesmo tempo atual, a Maçonaria sempre foi e será uma escola do conhecimento verdadeiro, indispensável para o aperfeiçoamento do homem!

*Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Grão-Mestre AD VITAM do Grande Oriente Autônomo do Maranhão – GOAM. Site www.osvaldopereirarocha.com.br

Para ver as fotos relacionadas a este e outros assuntos click em menu, no link maçonaria.

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"