Untitled Document

Untitled Document


CATULO DA PAIXÃO CEARENSE


Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo (Deus Pai), de Deus Filho e de Deus Espírito Santo, que formam a Santíssima Trindade e um só Deus. Sejamos um. E sou devoto de Nossa Senhora de Fátima, Mãe de Jesus Cristo e Mãe Celestial de todos os católicos, maçons ou não.

Este artigo, elaborado mediante pesquisa, visa fazer uma síntese da biografia de Catulo da Paixão Cearense que, apesar do nome, é maranhense, de São Luís, capital do Estado, nascido em 08 de outubro de 1863. E falecido em 10 de maio de 1946, no Rio de Janeiro – RJ.

Considerado o poeta do sertão, foi também teatrólogo, músico, compositor, violonista, flautista e escritor de renome. Responsável pela adaptação do violão nos setores da alta sociedade. Seus sucessos: A Flor do Maracujá; Luar do Sertão; Sertão em flor; O lenhador; Flor amorosa; Cabocla do Caxangá ; U poeta du Sertão e outros.

Autor de 15 livros de poemas (muitos adaptados para canções). Mas apesar de haver feito grande sucesso, Catulo da Paixão Cearense morreu pobre.
Em São Luís do Maranhão tem rua com seu nome.

Viva a Pátria Amada Brasil! Viva a Instituição Maçonaria! Viva o Estado do Maranhão, cm sua linda e querida capital, São Luís, Cidade Cultural, Patrimônio da Humanidade! E viva a memória de Catulo da Paixão Cearense!

Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que continue nos abençoando.

*Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Grão-Mestre “Ad Vitam” do GOEMA e Grande Inspetor Geral, Grau 33º. Cidadão natural de Pedreiras – MA e honorário de São Luís – Maranhão (Decreto Legislativo 031, de 12/12/2000 com título entregue solenemente em 26/04/2001). Advogado. Escritor. Servidor Público Federal aposentado por tempo de serviço.

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"