Untitled Document

Untitled Document


NATAL E ANO NOVO DE ESPERANÇA

Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo

Aproxima-se o dia 25 de dezembro de 2020, quando comemoramos o Natal, ou seja, o aniversário de nascimento de Jesus Cristo – Deus Filho; quando são renovadas as nossas esperanças por dias melhores, isto é, de mais anos de vida, com saúde,educação, segurança, emprego, união, amor, fé, esperança, justiça e paz.

Para tanto, devemos estar preparados, com os espíritos desarmados, com a consciência tranquila do dever cumprido.

Aniversariar é nascer de novo; iniciar nova vida, vida de fé e esperança... Precisamos rezar. Precisamos orar. No mundo de hoje, muita gente acaba perdendo a esperança, só porque não reza, não ora. Só então poderá comprovar como é verdadeira a promessa de Jesus Cristo: “Tudo quanto pedirdes, orando, credesque o recebereis e o obtereis” (Mc 11,24).


Precisamos aumentar a nossa fé, a nossa esperança. Jesus disse à multidão que O ouvia “em verdade, em verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do Homem e não beberdes o Seu sangue, não tereis a vida em vós”. E ao ouvirem essas palavras, muitos se escandalizaram e se retiraram se interrogando: Mas, como pode isso ser? É demais! É abusar da nossa paciência. Quem poderá ouvir essa linguagem?


Jesus, porém, não retirou nada do que disse. Deixou-os partir e quando Se viu só com os Apóstolos perguntou-lhes se O queriam abandonar. Foi como se lhes dissesse: Não duvideis! Acreditai que um dia vos darei a comer a Minha carne. E, se não acreditais, retirai-vos também.
Foi então que São Pedro, numa efusão de fé e de amor, exclamou: Senhor, a quem iremos? Só Vós tendes palavras de vida eterna.Façamos nós também um ano de Fé e digamos: Sim, Senhor Jesus, nós acreditamos que estais presente no Santíssimo Sacramento. Mas aumentai a nossa Fé.


A nossa alma não pode deixar de transbordar de reconhecimento, de enlevo e de gratidão por aquilo que o Divino Salvador operou na Santa Ceia, quando ficou claríssimo o que Jesus dissera, ou seja, o pão significava o Seu corpo e o vinho o Seu sangue. E que só a Fé nos salva.
Ó Maria, que contemplaste o Divino Infante em Vossos braços maternos, nós Vos pedimos que continueis a oferecê-lo a nós, como Redentor e Salvador do mundo.


São José, que Deus escolheu como Pai adotivo de Jesus, nós Vos pedimos que nos ajudeis a fazer deste Natal uma ocasião de crescimento no conhecimento e no amor a Cristo. Que o nosso coração se abra e se deixe penetrar pelo ministério do Natal do Senhor.Unidos ao coro de anjos e de santos, clamamos sem cessar: Vinde Senhor Jesus e iluminai os nossos corações, as nossas famílias, o mundo todo. Amém.


Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que nos ilumine e guarde e nos dê o Natal de 2020 e o ano de 2021 de fé e esperança,com saúde, amor e paz!


*Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Católico, Apostólico Romano.Grão-Mestre AD VITAM do GOAM, hoje GOEMA. Grande Inspetor Geral da Ordem, Grau 33, do REAA. Site www.osvaldopereirarocha.com.br

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"