Untitled Document


DIA DA BANDEIRA NACIONAL DO BRASIL



A História do Brasil registra que a nossa Bandeira Nacional, o Pavilhão Nacional, um dos Símbolos da Pátria, foi instituída em 19 de novembro de 1889, isto é, 04 dias depois de proclamada a República do Brasil e, portanto, neste dia 19 de novembro de 2012 faz exatos 123 anos de existência.

A Bandeira Nacional do Brasil é o resultado de uma adaptação na tradicional Bandeira do Império Brasileiro. Neste contexto, em vez do escudo Imperial português dentro do losango amarelo, foi adicionado o círculo azul com estrelas brancas.

Existem normas específicas nas dimensões e proporções do desenho da Bandeira Brasileira. Ela tem o formato retangular, com um losango amarelo em fundo verde, sendo que no centro a esfera azul celeste, atravessada pela faixa branca com as palavras Ordem e Progresso em letras maiúsculas verdes. Essa faixa é obliqua, inclinada da esquerda para a direita. No círculo azul estão 27 estrelas, que retratam o céu do Rio de Janeiro, incluindo várias constelações, como, por exemplo, o Cruzeiro do Sul. As estrelas representam simbolicamente os 26 Estados e o Distrito Federal, totalizando, obviamente 27.

A Bandeira Nacional do Brasil é hasteada de manhã e recolhida na parte da tarde. Ela não pode ficar exposta à noite, a não ser que esteja bem iluminada. É obrigatório o seu hasteamento em órgãos públicos civis e militares (escolas, ministérios, secretarias de governo, repartições públicas, navios, etc.) em dias de festa ou de luto nacional. Nos edifícios do governo, ela é hasteada todos os dias. Também é exposta em situações em que o Brasil é representado diante de outros países como, por exemplo, em congressos internacionais e encontros de governos.

O dia 19 de Novembro é comemorado, em todo território nacional brasileiro, como o Dia da Bandeira. Nesta data ocorrem comemorações cívicas, acompanhadas do Hino à Bandeira.

As quatro cores da Bandeira Nacional representam simbolicamente as famílias reais de que descende Dom Pedro I, idealizador da Bandeira do Império. Com o passar do tempo esta informação foi sendo substituída por uma adaptação feita pelo povo brasileiro. Dentro deste contexto, o verde passou a representar as matas, o amarelo as riquezas do Brasil, o azul o seu céu e o branco a paz que deve reinar em nosso País.

A versão atual da Bandeira Nacional do Brasil com 27 estrelas entrou em vigor em 11 de maio de 1992, com a inclusão de mais quatro estrelas (antes eram 23) representando os estados do Amapá, Tocantins, Roraima e Rondônia.

Registro, finalmente, que nos templos maçônicos a Bandeira do Brasil é devidamente introduzida e também é saudada, com respeito, geralmente com as seguintes palavras: Bandeira do Brasil, auriflama de um país Grande pelo trabalho e pelo amor de seus filhos; admirável pelas maravilhas de sua natureza; opulento, pela exuberância de sua flora e riqueza de seu solo; hospitaleiro, pela simplicidade e bondade de seu povo; promissor, pelo brilhante futuro que assegura a todos os que produzem. És emblema de uma Nação, mas também maçônica poderias ser, pois tens a forma retangular do avental que usamos como símbolo do trabalho, porque o teu losango amarelo lembra o olho da sabedoria dominando o poder do ouro; a tua esfera central indica-nos a universalidade da Caridade Maçônica...

Bandeira Nacional do Brasil, eu te saúdo no dia do teu aniversário!


Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"