Untitled Document


FESTAS JUNINAS NO MARANHÃO


Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo. “Glória a Deus nas alturas e paz na terra aos homens por Ele amados”.

São João é o Santo Padroeiro da Maçonaria


O bumba-meu-boi é o ponto alto das festas juninas de São Luís do Maranhão, tanto isso é verdade que tramita na Câmara dos Deputados projeto-de-lei para reconhecer que ela é a capital nacional do bumba-meu-boi.

Oficialmente, as festas juninas maranhenses acontecem de 15 de junho a 1º de julho, tendo o bumba-meu-boi como a manifestação folclórica mais importante da cultura popular maranhense e que traz alegria para a população.

Em conjunto, Bumba-Meu-Boi, Tambor de Crioula, Cacuriá, Dança do Coco, Dança do Lelé, Dança Portuguesa, Dança do Boiadeiro e as Quadrilhas, que enchem o Maranhão saudando a multiplicidade de estilos e sotaques e a singularidade das festas juninas, inseridas em um verdadeiro ritual da cultura popular é, para este articulista, mais significativas do que o carnaval, a festa da carne.

Os encontros de sotaques durante o mês de junho, de todos os anos, forma uma mesma festa ou, para alguns, são várias festas chamadas de juninas, sendo que sua maior estrela é exatamente o bumba-meu-boi, tombado como patrimônio imaterial brasileiro, que apresenta mais de 500 grupos de atuação, divididos em cinco sotaques diferentes, ou seja, zabumba, orquestra, pandeirão, matraca, costa de mão ou baixada, com indumentárias, adereços e instrumentos específicos, toadas e músicas próprias.O modo de dançar, tocar e de se expressar é peculiar e diferente um do outro.

O Maranhão é o único estado brasileiro que comemora quatro santos católicos durante o aludido mês de junho, isto é, São João, Santo Antônio, São Pedro e São Marçal. Esta particularidade, que influencia as festas populares do período junino distribui homenagens, que são realizadas durante todo o mês.

São João é o grande santo dos festejos juninos, comemorado em 24 de junho, aniversário de São João Batista, o padroeiro da Maçonaria, o santo festeiro. Há uma lenda que diz que nesse dia o santo prefere dormir o dia todo para não ver as fogueiras na Terra e ficar com vontade de descer do Céu e comemorar. Também nesse dia as pessoas costumam soltar fogos de artifício para tentar acordar o santo.

O dia de Santo Antônio, considerado o santo casamenteiro, é comemorado antes, ou seja, a 13 de junho, quando as igrejas costumam distribuir os conhecidos pãezinhos de Santo Antônio, porém, ao invés de comê-los devem ser guardados para garantir a fartura durante todo o ano.

O dia de São Pedro, o santo protetor dos pescadores, comemorado no dia 29 de junho, começa com as pessoas se aglomerando, os grupos de Bumba-meu-boi, em frente à capela de São Pedro, na Madre de Deus, em São Luís do Maranhão, Cidade Cultural Patrimônio da Humanidade, a capital do Estado. É nesse dia que se rouba o mastro de São João. São Pedro é o guardião das portas do Céu e responsável por fazer chover na Terra e proteger pescadores e viúvas. E 29 de junho é também do aniversário da filha deste articulista, Magda Lúcia Rocha Betlem. Feliz Aniversário querida filha!

No dia 30 de junho é comemorado o Dia de São Marçal, quando se encerra oficialmente os festejos juninos, marcado pelo grande encontro dos Batalhões de Bumba-Meu-Boi no bairro do João Paulo, na capital maranhense, com início às 6horas e se estendendo até a madrugada do dia 1º de julho. A festa de São Marçal surgiu a partir da proibição aos grupos de Bumba-Meu-Boi de seguirem para o centro da cidade, sob o pretexto de manutenção da segurança, ordem e tranquilidade. A Polícia não permitia que os brincantes passagem do areal.

Viva São Luís do Maranhão! E viva o São João maranhense!

Que o Grande Arquiteto do Universo nos ilumine e guarde! SL, 10/06/2019.

*Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Cidadão natural de Pedreiras - Maranhão, e honorário da capital maranhense. (Decreto Legislativo Municipal nº 031/2000).Site www.osvaldopereirarocha.com.br

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"