Untitled Document



DIA DAS CRIANÇAS
Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo

Existe coisa mais linda do que o sorriso de uma criança?

Criado em 1924, por iniciativa do Deputado Federal Galdino do Vale Filho, que teve seu projeto aprovado por seus pares, mas apenas em 1960 esse projeto foi transformado em Lei e comemorado com promoção criada pela Fábrica de Brinquedos Estrela e a Johnson & Johnson, com a chamada Semana do Bebê, que incrementou e muito o número de vendas.

O Dia das Crianças é comemorado anualmente no Brasil em 12 de outubro, e a maior parte das lojas de brinquedos fazem promoções especiais, para aumentar ainda mais suas vendas, aproveitando a supracitada data.
O dia 12 de outubro é, igualmente, comemorado em nosso país como sendo o Dia de Nossa Senhora Aparecida, Padroeira do Brasil (Feriado Nacional) e, para imensa alegria minha e dos meus familiares, tenho uma neta que nasceu nesse dia e reside na Austrália. Trata-se de Monique Rocha Betlem, que mora com seus pais Magda Lucia Rocha Betlem e Cees Jan Betlem e sua irmã Isabelle Rocha Betlem.

Chamada de Príncipe ou Princesa a criança é a alegria de todo lar, brasileiro ou estrangeiro. Desde a gestação, ela é querida dos seus pais, principalmente da mãe. Seus primeiros passos e suas primeiras palavras são festejados. Suas idas para as Creches e depois para receberem o ensino fundamental, base do conhecimento escolar; seus aniversários e todas as suas vitórias, são vitórias de todos os familiares, principalmente dos seus pais.

Como é triste ver-se crianças sofrendo de fome ou de dor. Conforta-nos um pouco a existência de programas de proteção ou amparo a crianças, no Brasil e no exterior, a exemplo da Fundação Abring, em nosso país e do programa “Médicos sem Fronteiras”, com experiências bem-sucedidas no campo da saúde e da desnutrição em países como Níger, Iêmen, Afeganistão, Síria, etc. Também é motivo de bastante preocupação o drama da atual crise migratória e de refugiados, que já deslocou, fugindo de guerras, mais de 60 milhões de pessoas, inclusive crianças.

Todo neto e toda neta ou bisneto ou bisneta, dão mais vida aos seus avós ou bisavós. Dizem que neto é filho duas vezes e que bisneto é filho três vezes... Será isso verdade?

Afirmo, por experiência própria, já que, graças a Deus, sou avô e bisavô, que sim.


A primeira e mais importante criança para o Cristianismo é o Menino Jesus, que nasceu espiritualmente de Deus-Pai; nasceu da Virgem Maria, que tinha por esposo José e que veio a este mundo para nos purificar dos nossos pecados. E Jesus Cristo, já adulto, disse aos seus discípulos “vinde a mim as crianças”. Senhor Deus, ajuda-nos a receber toda criança como recebemos Jesus, não em uma gruta fria, mas com o calor do coração repleto de amor!

É verdade que ainda existem pessoas que ignoram suas crianças, e outras que apenas pagam pensão alimentícia ou lhes enviam uma lembrança e acham que fazem muito por elas, não tendo a consciência de que sua presença, sua proteção, seu cuidado, seu carinho e seu amor são atitudes muito mais importantes.

A criança é pura, verdadeira, sem mentira e sem maldade, é tudo de bom. No sorriso de uma criança, a pureza do amor.


Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que as proteja de todos os perigos.

Feliz Dia das Crianças, 12 de outubro, para todas elas e seus familiares!

Colaborador, registro DRT/MA nº 53. Avô coruja por quase uma dezena de vezes. Site www.osvaldopereirarocha.com.br

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"