Untitled Document

DIA DE FINADOS

Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo (Deus), que nos tem dado vida, carinho e amor, lhe pedimos, pela intercessão de Nossa Senhora de Fátima e de Santa Dulce dos Pobres, para que continue nos dando saúde, amor e paz. “Não tenho tudo que amo, mas amo tudo que tenho”.


O Dia de Finados ou Dia dos Mortos é celebrado anualmente em 02 de novembro que, no Brasil, é feriado.A celebração de finados é bastante importante para algumas religiões, principalmente para a Igreja Católica, que considera a data como um momento especial de homenagens para todos os entes queridos falecidos.Nessa data o movimento nos cemitérios é imenso, quando pessoas vão deixar flores e rezar ou orar nos túmulos de familiares ou amigos.

Já a religião protestante ou evangélica não reconhece o feriado de finados como uma celebração, pois alegam que a data não está presente na Bíblia; consequentemente eles dizem que não têm motivo para comemorar ou homenagear.

O Dia de Finados é antecedido pelo Dia de Todos os Santos (1º de novembro), outra data que se dedica a homenagear a alma de todas as pessoas santas e mártires anônimos ao redor do mundo.
Desde o século XII o Dia de Finados é celebrado pela Igreja Católica em 2 de novembro. E desde o século XI os Papas Silvestre II, João XVIII e Leão IX já obrigavam os cristãos adedicarem um dia por ano para homenagear aos já falecidos e que não eram lembrados.

Os cristãos têm o costume de orar por seus mortos, quando vão até as catacumbas ou túmulos para rezarem pelos que morreram sem martírio, na esperança da salvação de suas almas. A partir do século V, a Igreja Católica começou a incluir em suas celebrações a “Memória dos Mortos”, um momento de orações dedicadas a todos os que faleceram.

No nosso País,no mencionadodia 2 de novembro de cada ano, acontecem visitas aos cemitérios, para colocações de flores nos túmulos, e orações pedindo ao Pai Celestial pelos perdões dos pecados e as salvações de todos os parentes e amigos, além das participações em missas, com idêntica finalidade.
Este articulista, por exemplo, tem falecidos pai, Antônio da Silva Rocha; mãe, Luiza Pereira Rocha; irmã, Olinda Rocha Alencar; companheira, Marlene Pereira de Sousa; genro, Emerson Fernando Brito Bacalhau;cunhados, compadres e amigos Abraão Ferreira de Sousa, Raimundo Bonfim Carvalho e Antenor Assunção Moraes; cunhada amiga Maria das Graças de Melo Rocha; avô Tolentino Pereira da Silva; sobrinhos, Alex Charles Rocha, Adnan Rocha Carvalho e Francisco Carlos Rocha Sousa; tios e tias; irmãos maçons Plínio Ferreira Marques, Florêncio Soeiro, Raimundo Antônio Leitão e outros integrantes da imensa família maçônica; amigos e amigas, como Eva Nascimento de Oliveira, Hercílio Luz Simões, Marcelo Luz Simões, Mário Flexa Ribeiro, José Cardoso, Alexandrina da Silva Cardoso, José Pereira de Sousa, Lucia Monteiro de Sousa, Lucy Pereira de Sousa e José Pereira de Sousa Filho; colegas Auditores-Fiscais do Trabalho Pedro Prudêncio de Morais, Elizabeth de Carvalho Callado, Maria do Carmo Lemos Maia, Maria do Carmo Camargo Brito, João Raimundo Ferreira Filho, além de outrosque deixo de citar os nomes por limitação de espaço,para os quais peço ao Grande Arquiteto do Universo que lhes perdoe os pecados e lhes dê a vida eterna, a paz celestial, sob a luz de Sua face.Saudade é o amor que fica.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Ó Grande Arquiteto do Universo, meu Deus, Vos peço de coração, em nome de Seu divino filho, Jesus Cristo, para que perdoe os pecados de todos e todas que morreram na esperança da ressurreição ou que partiram desta vida e lhes dê o convívio no Vosso Reino. SL, 22/10/2019.


*Colaborador, registro DRT/MA nº 53.Site www.osvaldopereirarocha.com.br

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"