Untitled Document


Untitled Document


GONÇALVES DIAS

Para honra e glória do Grande Arquiteto do Universo, que é Deus-Pai, criador do Céu e da Terra; amoroso e misericordioso, que nos dá vida, saúde, amor e paz.“Se eles me retribuíssem...”(Jesus Cristo). “O Senhor fez em mim maravilhas. Santo é o Seu nome”.


“Minha terra tem palmeiras, onde canta o sabiá, as aves que aqui gorjeiam não gorjeiam como lá” (Gonçalves Dias).“O homem vale mais por aquilo que é do que por aquilo que tem”. Tudo pela Pátria Amada, Brasil!

Este artigo oi elaborado mediante pesquisa e tem por escopo fazer um resumo da biografia de Antônio Gonçalves Dias, maranhense de Caxias, nascido em 10 de agosto de 1823 e falecido na cidade de Guimarães – Maranhão, m 03 de novembro de 1864.

Foi jornalista, advogado, professor, teatrólogo, crítico de história, etnólogo, membro da Academia Brasileira de Letras e poeta brasileiro de grande importância. É considerado um dos principais representantes do romantismo do Século XIX. Fez parte da primeira geração do romantismo, também conhecida como a geração indianista ou nacionalista.

Ele foi influenciado pela literatura romântica portuguesa, principalmente de Almeida Garret e Alexandre Herculano, no período em que estudou Direito na Universidade de Coimbra – Portugal.

Eis as principais características do seu estilo literário: representação romântica e valorização do indígena brasileiro e sua cultura; poesias escritas buscando, sempre, a perfeição rítmica e formal; poemas marcados pela presença de rima, musicalidade e métrica; abordou de forma positiva os negros; exaltou as belezas naturais do Brasil; retratou temas ligados aos valores medievais, principalmente dos cavaleiros estrangeiros, transportados para o contexto brasileiro; abordou também a religiosidade de caráter cristão; em suas poesias, abordou o sentimentalismo.

Suas obras poéticas consideradas as mais valiosas são as seguintes: I-Juca Pirama; Canção do Exílio, uma das mais elogiadas pela crítica especializada; Primeiros Cantos; Leonor de Mendonça; Leito de folhas verdes; Marabá; Canção do Tamoio; Últimos Cantos e O Canto do Piaga.

O Estado do Maranhão também é conhecido como terra de Gonçalves Dias. São Luís, cidade que eu amo, igualmente é chamada por alguns de Atenas brasileira; Ilha rebelde e decidade dos poetas.

Ao ilustre maranhense aqui homenageado São Luís, Capital do Estado, Cidade Cultural, Patrimônio da Humanidade lhe dedicou uma linda praça, aliás, a mais bela – Praça Gonçalves Dias, também conhecida como Praça dos Amores, com o referido poeta de corpo inteiro sobre um pedestal bem alto, praça essa que os turistas visitam e os namorados se deleitam diuturnamente.


E o Instituto Histórico e Geográfico do Maranhão – IHGM – tem feito trabalhos de pesquisas, literários, de grande monta sobre o inesquecível poeta Gonçalves Dias, a exemplo do realizado em 2019.

E viva às mulheres pelo seu Dia Internacional neste dia 08 de março de 2020.

Rogo ao Grande Arquiteto do Universo para que continue abençoando as famílias de sangue e maçônica da face da Terra. São Luís, 08/03/2020.

*Colaborador, registro DRT/MA nº 53.Sócio Correspondente da Academia Paraibana de Letras Maçônicas - APLM e da Academia Maçônica de Artes, Ciências e Letras do Estado do Rio de Janeiro - AMACLERJ. Fundador da Associação dos Auditores-Fiscais do Trabalho no Estado do Maranhão – AITEMA. Site: www.osvaldopereirarocha.com.br

Clik no link do menu ao lado para ver as fotos relacionadas a este e outros temas

"Não existe caminho para a paz. A paz é o caminho"